Botox Facial: Conheça as Vantagens e Desvantagens desse Tratamento

Mesmo com o surgimento de diversos tratamentos estéticos, a aplicação de toxina botulínica continua em alta. Conhecido por aqui como Botox, nome da primeira marca que o trouxe para o Brasil, a técnica é bem simples, feita por meio de uma injeção e eficaz no combate a rugas. Mas como qualquer outro tratamento, esse também tem suas vantagens e desvantagens. Confira quais são.

Vantagens do Botox

Entre os tratamentos para combater rugas, a maioria dos métodos foca-se em tratar a flacidez da pele, com o estímulo à produção de colágeno ou renovação celular, por exemplo. O Botox é o único procedimento estético que age no músculo. Ele impede a contração muscular, responsável pelo aparecimento das rugas. Como resultado, além de disfarçar as marcas já instaladas, ainda evita o aparecimento de novas e retarda a transformação dos sinais de expressão em rugas estáticas, o estágio mais difícil de tratar.

O Botox é injetado no músculo facial a ser tratado por meio de um procedimento rápido. Em geral, os pacientes costumam ter boa tolerância à toxina e os efeitos colaterais são mínimos, relacionados mais à injeção, como dor e edema. A recuperação também é rápida, e o único cuidado recomendado é evitar pressionar ou massagear a região algumas horas após a sessão.

A aplicação do Botox é indicada para amenizar rugas dinâmicas, causadas pelas expressões faciais, e as rugas estáticas, que aparecem mesmo quando o rosto está parado. Por isso, pode ser usada no combate a rugas da testa, glabela, ao redor dos olhos e, eventualmente, às que aparecem no limite do lábio superior.

Desvantagens do Botox

O Botox tem contraindicações como gestantes, mulheres que estão amamentando, portadores de algumas doenças autoimunes, neurológicas e que afetam os músculos não podem se submeter à técnica. O mesmo vale para pessoas com alergia à proteína do ovo e que estejam usando medicamentos com aminoglicosídeo.

Pessoas que têm rugas antigas e muito profundas talvez se beneficiem mais com tratamentos de preenchimento ou fios de sustentação. Isso porque peles mais envelhecidas apresentam alto grau de flacidez e o relaxamento dos músculos de sustentação provocado pela injeção de Botox pode agravar o problema.

Quando aplicado em regiões inadequadas, o Botox causa efeitos indesejados como face engessada, assimetria, pálpebra caída e entre outros. Além disso, ainda pode prejudicar movimentos necessários para sobrevivência, como deglutir, respeitar e mastigar. Já doses exageradas levam ao botulismo, doença que bloqueia os sinais nervosos do cérebro para os músculos e causa paralisia generalizada.

Para evitar esses problemas, você deve escolher uma boa clínica de tratamentos estéticos. Certifique-se de que um profissional especializado aplicará a toxina, porque esse profissional é mais qualificado para demarcar as regiões adequadas de aplicação e determinar as doses corretas. Procurar o especialista que entende e domina a técnica é o passo fundamental para obter um resultado natural e sem riscos para sua saúde.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Na Sequencia

Postagens Relacionadas